COMO FUNCIONA O SEGURO VIAGEM!

Kuala Lumpur, Malásia - Jakarta


>

KLM B777-300ER New Economy Class Flight Experience: KL809 Kuala Lumpur - Jakarta

Translate

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Estrangeiros buscam cada vez mais o turismo em comunidade no Brasil


Comunidade de Santa Marta foi base para o estudo.
Favela é conhecida por ter sido palco do clipe
They Don´t Care About Us de Michael Jackson
(foto: Brian Snelson / pt.wikipedia.org)

Um estudo encomendado pelo MTur (Ministério do Turismo) à FGV (Fundação Getúlio Vargas) mostra que turistas estrangeiros estão cada vez mais interessados em visitar comunidades carentes do País, em especial na capital fluminense.

Segundo o material, 45,9% dos turistas estrangeiros que vão a favelas cariocas buscam, do alto dos morros, uma perspectiva diferente sobre a cidade. Já 46,7% dos turistas brasileiros que praticam a atividade buscam conhecer a cultura, a realidade e as pessoas do local.

Vitrine dos pobres

Para 12,1% dos visitantes estrangeiros, estar numa favela “é uma boa oportunidade de ajudar pessoas necessitadas”. A opinião é menor entre os brasileiros, que apontam este item em 6,5% das respostas.

Zoológico de desigualdades

No lado oposto, quando questionados sobre o motivo do desinteresse em visitar uma favela, 10,8% dos estrangeiros apontam que “esse tipo de turismo denigre as pessoas que vivem na favela”, opinião compartilhada por 2,8% dos respondentes brasileiros.

Realizado pela professora Bianca Freire-Medeiros, o material reúne informações para a implantação de atividades de cunho turístico, capazes de gerar trabalho e renda em favelas pacificadas. A ideia é desenvolver um modelo de plano de ação que permita a identificação de potenciais turísticos e a estruturação de algum tipo de atividade nestas comunidades.

A pesquisa foi divulgada depois do anúncio, nesta semana, de um convênio entre o governo do estado do Rio de Janeiro e o governo federal para promoção do turismo nas favelas da capital fluminense. A parceria tem como principal objetivo qualificar e atrair profissionais do turismo para essas áreas, provendo infraestrutura e recursos necessários para que a atividade seja atraente, rentável e contribua para a revitalização das comunidades.

Muita visita, pouca verba

De acordo com o estudo, apesar das experiências positivas relatadas pelos visitantes sobre a arquitetura local (55,9%), a vista da cidade (41,1%) e o conhecimento de projetos sociais (34,9%), somente 36,6% dos turistas estrangeiros compraram algum produto durante sua visita, e os gastos foram relativamente pequenos, não chegando a R$ 5.

Cerca de 40,6% dos turistas que não fizeram compras assinalaram a falta de oferta como um dos motivos de não terem comprado nada, mencionando, entre outras coisas, que não lhes foi oferecido nenhum produto, ou que não viram lojas durante a visita.

Indicação de amigos

O estudo também mostra que, embora para a maior parte dos visitantes o tour represente uma experiência nova, mais da metade afirma conhecer pessoas que já visitaram favelas anteriormente, inclusive em outras partes do mundo.

Foram investigadas cinco favelas do Rio de Janeiro, com levantamento de informações de oferta (atrativos turísticos atuais e potenciais) e de demanda (perfil do turista), sendo o Morro Santa Marta (Bairro de Botafogo) utilizado como piloto e modelo de pesquisa de perfil de visitantes nacionais e internacionais.

Fonte: fgvprojetos.fgv.br / Hotelier News

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

Programe sua festa, deixe os músicos por nossa conta. Solicite orçamento:
jacytanmelo@jacytanmeloproducoes.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar o Bagagem Pronta.

LEIA TAMBÉM...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...