COMO FUNCIONA O SEGURO VIAGEM!

Translate

sábado, 23 de março de 2013

07 DICAS PARA USAR SEU CELULAR EM VIAGENS AO EXTERIOR


(Foto: Reprodução/Internet)
por MonacoTur - Viagens e Turismo

Levar ou não o celular – essa é uma dúvida clássica, que aflige todos os viajantes. Há diferentes respostas para ela, que dependem do seu plano, do seu aparelho e do destino. O melhor caminho para encontrá-las é fazer uma consulta à sua operadora. Um celular incompatível com a freqüência da região à qual você se destina, por exemplo, é um peso morto. Em caso de compatibilidade, considere levá-lo consigo. Mas o serviço precisa ser ativado com a operadora antes da partida. Um aparelho, em viagens, não é útil apenas para conversar: é possível mandar torpedos, fazer e enviar fotos, escutar música, usar despertador, a calculadora. Mas todo cuidado é pouco para que a comodidade não vire um pesadelo no fim da jornada, na hora de pagar a conta.

Aprenda em sete ligações como usar melhor seu celular em viagens ao exterior. E conheça os sete melhores aparelhos para esse fim.

1 - DESBLOQUEIE E LIBERTE-SE – por incrível que pareça, comprar um celular no Brasil é mais negócio que no exterior. Os preços dos aparelhos são praticamente os mesmos em toda parte, e aqui, além das ofertas das operadoras, podemos pagá-los em prestações. Um celular bloqueado, porém, não facilita em nada a vida de quem viaja, já que só pode ser usado com o chip da sua operadora. Em outras palavras, você ficará escravo do DDI e do roaming. Celulares desbloqueados, ao contrário, podem ser usados com simcards de todas as operadoras GSM. Assim, você poderá usar chips das telefônicas dos paises que visita. Vantagens? Ligações locais a preço normais e DDI para o Brasil não só mais barato, mas livre de roaming. Se seu celular é bloqueado, peça à operadora que desbloqueie. Em alguns casos, é cobrada uma taxa, mas acredite: as freqüências em que operam os celulares não são as mesmas. O GSM ideal para viajar pe o quadriband, que funciona em todas elas, mas tribandas dão conta do recado.

2 - NEXTEL: PENSE NISSO – usuários da Nextel que viajam para Argentina, Canadá, Chile, EUA, México e Peru não devem deixar seus aparelhos em casa: por R$ 2,50 ao dia a comunicação via rádio é ilimitada. Isso significa que os participantes do sistema podem falar entre si, nesses paises, virtualmente de graça. Os aparelhos Nextel não são exatamente celulares, ou, por outra – são também celulares GSM. Mas seu uso primordial é, simplificado, o de walkie-talkies: a conversa não e em mão dupla, mas em mão única: ou se fala ou se ouve. Quando utilizados como celulares perdem, é lógico, a vantagem do papo internacional gratuito., Os serviços da Nextel são basicamente corporativos, mas podem ser contratados por varias categorias de profissionais liberais.

3 - LEVE, MAS NÃO EXAGERE – seja prudente: a facilidade de fazer e receber ligações, aliada à saudade de casa pode ter efeitos financeiros devastadores. Tende falar apenas o indispensável, e receber somente as ligações que não podem esperar. Quem liga, muitas vezes nem sabe que você esta viajando, não precisou fazer DDI e pagará pela chamada apenas o custo local; você, ao contrário, pagará a ligação internacional, e eventuais taxas de roaming. Péssimo negócio até porque os impostos de telecomunicações brasileiros estão entre os mais altos do mundo. Importante: quando seu celular fica em roaming, passa a funcionar como um telefone nativo de onde você esta. Para fazer ligações locais, basta teclar o numero desejado. Caso queira ligar para o Brasil, tecle +55, seguido do numero com o qual deseja falar. Quem quiser ligar de casa para você, precisa apenas teclar os oito dígitos de seu numero. Para teclar +, aperte a tecla por alguns segundos.

4 - USE E ABUSE DOS TORPEDOS – nem só de voz vivem os celulares. Em viagens, as mensagens de texto (SMS) e as mensagens multimídias (MMS) são ótimas formas de comunicação, sobretudo se você estiver em roaming usando seu número brasileiro. Torpedos recebidos são gratuitos, e seu envio é barato. Uma mensagem enviada da Europa custo pouco mais de 1 real, ao passo que o minuto de conversa com DDI (sem custo roaming) pode chegar a 15 reais. Se você ainda não aprendeu a enviar torpedos, vá a uma loja de sua operadora antes da viagem e peça instruções. Aprender a enviar torpedos lá vai ser bem difícil...

 A maioria dos celulares vem com algum sistema de escrita inteligente. O mais popular é o T9. Eles adivinham a palavra que esta sendo escrita. Podem parecer confusos, mas são utilíssimos. O grande segredo para usá-los é não prestar atenção às palavras antes que estejam totalmente digitadas. Pratique antes, para não perder o tempo dos passeios brigando com o telefone.

5 - COMUNIQUE-SE POR IMAGENS – uma imagem vale por mim palavras. Se há alguma circunstancia em que esse velho ditado se aplica, é no uso de celulares com câmera. Muito mais simples que escrever um torpedo, muito mais barato que ligar para bater papo e muito mais divertido para todos é enviar fotos da viagem em tempo real. As fotos de boa parte dos celulares ainda deixam muito a desejar, mas mesmo com câmeras chinfrins é possível obter fotos antes de viajar, para descobrir os macetes da câmera, seus pontos fracos e pontos fortes. Não custa salientar: é difícil fazer boas fotos sem conhecer o equipamento.

 Pouquíssimos celulares funcionam bem como câmeras em más condições de luz. Quanto mais claro e ensolarado estiver o dia, melhores sairão as imagens. Além disso, saiba que quanto mais perto você chegar do que mostrar, maiores serão as possibilidades de conseguir uma boa foto. Os MMS ou fototorpedos podem ser enviados para números de telefone ou para endereços de e-mail. As tarifas às vezes são diferentes em um e outro caso, mas, ainda assim, são bem razoáveis, comparadas as custo das chamadas.

6 - PEGUE CARONA NAS FOTOS – melhor ainda do que mandar um MMS para uma pessoa em particular é abrir conta num dos inúmeros sites de fotografia da rede e distribuir o endereço entre amigos e familiares. Assim, com um único envio, alcançam-se diversas pessoas. O melhor e mais popular deles é o Flickr (flickr. com), da Yahoo. A inscrição é gratuita e o sistema de Upload por celular, muito simples. Faça login, clique na aba You e depois em upload photos. Na página, à esquerda, clique em Uploading tools; na página seguinte, à direita, clique no segundo item, Upload by e-mail. Será gerado um endereço exclusivamente seu para o envio de fotos. Suas fotos poderão ser enviadas para o Flickr como MMS. Os visitantes poderão deixar comentários, o que pe uma ótima maneira de manter contato com a base.

7 - FAÇA DO CELULAR SEU FIEL COMPANHEIRO – um bom celular é um dos equipamentos mais úteis em viagem. Ele oferece não só o telefone, câmera e player de música, mas também uma série de utilitários superpráticos, como despertador, relógio que mostra a hora em diferentes partes do mundo, conversor de medidas, calculadora, agenda e áreas secretas para anotar números de contas e senhas de cartões de crédito. No caso dos smartphones, especialmente os que usam Windows Móbile ou o sistema Symbian, como a série N da Nokia, as possibilidades dão ainda mais amplas: há uma serie de programas e especialmente desenvolvidos para facilitar a vida dos viajantes. O WorldMate, entre outras coisas, atualiza, via Internet, a previsão do tempo e a cotação de moedas. Use a agenda para anotar datas e horários de vôos.

-->
10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

ANUNCIE NO BAGAGEM PRONTA - MÍDIA KIT

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar o Bagagem Pronta.

LEIA TAMBÉM...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...